Book Navigation

Agristar do Brasil apresenta novidades durante Open Field Day e Hortitec

Os eventos serão simultâneos e mostram ao mercado os produtos das linhas Topseed Premium e Superseed, no estande e no campo

Entre os dias 21 e 23 de junho, a Agristar, por meio das linhas profissionais de sementes híbridas de alta tecnologia, Topseed Premium e Superseed, apresenta ao mercado durante a 24ª Hortitec as novidades desenvolvidas para o setor de hortaliças e frutas. Em simultâneo, a empresa promove o Open Field Day (Dia de campo aberto) para receber os produtores e mostrar no campo os resultados dos lançamentos e outros destaques.

No estande da Agristar, localizado no setor azul, toda a cadeia de horticultura poderá conferir as novidades da Topseed Premium, que apresenta o tomate caqui Protheus F1, a cenoura Nanda F1, o repolho Heleno F1, o espinafre Dynamite F1, a melancia Barhan F1 e o almeirão Turim. Além de expor os resultados do tomate Santa Cruz Santyno F1, o quiabo Esmeralda F1, a alface Astra, o repolho Atlanta F1 e a sua linha de cebolas híbridas.

Já a Superseed lança os tomates Parma F1 e Stewart F1 e as cenouras de inverno Mayara F1 e Pandora F1. Além de apresentar os resultados de campo da cenoura de verão Érica F1, o tomate saladete Cariri F1, a melancia Vista F1, a cebola híbrida Celebra e a alface americana Tiffany.

No Open Field Day, realizado na Estação Experimental da Agristar em Santo Antônio de Posse, os visitantes poderão ver no campo as novidades das linhas, conferir os resultados dos lançamentos de 2016, além de tirar dúvidas com técnicos de todo o Brasil sobre os melhores manejos e posicionamentos para cada região do país. O evento fica a 8km de distância da Hortitec e terá transporte gratuito (ida e volta) saindo diretamente da feira. 

Segundo Marcos Vieira, gerente de Marketing da Agristar, o principal atrativo para visitação ao estande da empresa na feira e ao Open Field Day são os produtos e a confiança que o produtor, o revendedor e os parceiros têm na Agristar e em suas linhas de sementes. “Temos uma equipe técnica e comercial qualificada e à disposição dos visitantes para esclarecer dúvidas sobre os produtos e o manejo das culturas. Eles sabem que serão bem recebidos e sairão do evento bem informados e com novidades para contar”, afirma. 

Conheça os destaques da Agristar na Hortitec:

TOPSEED PREMIUM

Repolho Heleno F1

O Especialistas em Brássicas e Folhosas, Sílvio Nakagawa, explica que o repolho Heleno tem alta resistência a Plasmodiophora brassicae e à Hérnia das crucíferas, doença que ataca quase todas as plantas da família das brássicas e pode levar a perda de toda a produção. “A rotação de culturas por pelo menos quatro anos é recomendada, mas como nem sempre isso é possível o repolho Heleno tem se mostrado como uma medida eficaz para cultivar repolho em áreas infectadas. Assim, produtores de cinturões verdes, áreas cultivadas intensivamente durante um longo período de tempo, podem voltar a cultivar repolho em suas terras, aumentando a diversidade de hortaliças oferecidas aos consumidores locais. Outro aspecto importante do repolho Heleno é seu formato globular achatado, que facilita sua apresentação nos pontos de venda , além de apresentar um sabor bastante suave”, detalha.

Cenoura Nanda F1

A cenoura híbrida de inverno Nanda F1 destaca-se pela elevada produtividade que, em média, variou entre 3400 cx a 3800 cx/ha nos plantios da região do Triângulo Mineiro, Alto Paranaíba-MG e Paraná. Outras características destacadas pelo Especialista em Bulbos e Raízes, Samuel Sant’Anna, são o elevado percentual de cenoura de classificação 3A associada à excelente qualidade. “As raízes são cilíndricas e uniformes de pele lisa e brilhante, além de apresentar folhas eretas e compactas que permitem a colheita mecanizada. Destaco ainda a precocidade perante os materiais concorrentes de mercado variando entre 110 a 120 dias de ciclo e quando ela é deixada no campo mais tempo para ser colhida, o material não passa fácil da classificação 3 A para G”, diz. 

Almeirão Turim

O almeirão Turim é do tipo almeirão de folha amarela, popularmente também chamado de radiche nos estados do sul, principalmente no Rio Grande do Sul. “Indicado para plantio o ano todo, possui coloração verde claro, folhas lisas e eretas, não forma cabeça e tem ciclo médio de 45 dias. Quando cultivado em sistema hidropônico, seu ciclo médio é de 30 dias. Apesar de tradicionalmente ser mais cultivado nos estados do sul, a cultura vem ganhando espaço entre os hidroponicultores em outras regiões como o sudeste. Quando cultivado em solo, tem rebrota vigorosa, podendo o agricultor fazer vários cortes”, comenta o Especialista em Desenvolvimento de Cinturão Verde, Ricardo Ziani.

Espinafre Dynamite F1

Conhecido também como espinafre verdadeiro ou espinafre europeu vem ganhando importância seu cultivo no Brasil, principalmente entre produtores hidropônicos, pois além de ter se adaptado muito bem nesse sistema, incrementa o portfólio de produtos cultivados em hidroponia, aumentando a renda do produtor. Nesse contexto a Agristar lança na Hortitec 2017 o Espinafre Híbrido Dynamite, material que possui folhas triangulares com as bordas levemente arredondadas e de coloração verde intenso, tendência no mercado brasileiro, arquitetura vertical, bom rendimento e ótimo aspecto visual. Pode ser plantado o ano todo e seu ciclo médio é de 50 dias.

Melancia Barhan F1

O Especialista em Cucurbitáceas, Rafael Zamboni indica que a nova melancia Barhan apresenta sementes grandes e uniformes para plantio, o que proporciona uma germinação mais rápida e plantas com maior vigor. “Temos também como destaque do material a sua precocidade, ciclo médio de 80 dias dependendo da época de plantio e região, frutos com peso médio de 13,5kg de formato redondo ovalado e casca verde com estrias verde-claros. A Barhan quando madura apresenta coloração de polpa bem vermelha, doce e firme. A firmeza da polpa garante ao produtor uma melhor pós-colheita dos frutos e ao consumidor a certeza de melancia fresca por um período maior”.

Tomate Protheus F1

“O tomate Protheus tem se destacado nas regiões produtoras do Espírito Santo, leste de Minas Gerais e de Paty do Alferes no Rio de Janeiro, principalmente pela firmeza e tamanho dos frutos que proporcionam até 90% de classificação 3A, aliados a um ótimo pegamento de frutos que resultam em uma produtividade elevada. Somando aos atributos anteriores, o Protheus tem um completo pacote de resistências genéticas, tais como TYLCV (geminivírus), TSWV (vira-cabeça), nematóides, fusarium 3 e Stemphylium. Este somatório de características positivas vem tornando o Protheus um material versátil para ser usado em todas as épocas do ano e regiões produtoras”, explica Anderson Moreira, Coordenador Técnico de Vendas Topseed Premium Rio de Janeiro.

SUPERSEED

Cenoura Mayara F1

A cenoura híbrida de inverno Mayara destaca-se pela elevada produtividade que em média variou entre 3400 cx a 3900 cx/ha nos plantios da região do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba (M)G. O Especialista em Bulbos e Raízes, Samuel Sant’Anna, destaca ainda o seu elevado percentual de cenoura de classificação 3A associada à excelente qualidade, raízes uniformes e cilíndricas, pele lisa e brilhante, com ciclo entre 125 a 130 dias.

Tomate Parma F1

O Especialista em Tomates e Pimentões da Agristar do Brasil, Thiago Teodoro indica que além dos excelentes resultados de campo, como sanidade de planta, pegamento, padrão e tamanho de frutos até o ponteiro, além de sua excelente pós-colheita, vale ressaltar as tolerâncias à virose. “Hoje temos no tomate Parma F1 um pacote muito completo, com resistência ao geminivirus, vira-cabeça e fusarium Raça 3;  e ainda como diferencial a tolerância a Mancha de Cladosporium, que é muito importante para o cultivo orgânico, e é indicado para semeio o ano todo, tanto a campo quanto a estufa”, destaca.

Cenoura Pandora F1

“A cenoura híbrida de inverno Pandora destaca-se pela elevada produtividade nos plantios da região do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba (MG). Outras características que podemos destacar são o elevado percentual de cenoura de classificação 3A associada à excelente qualidade. A cenoura híbrida Pandora apresenta folhas eretas e compactas que permitem realizar colheita mecanizada. As raízes são uniformes e cilíndricas, pele lisa de coloração intensa e brilhante. Além da precocidade que este material apresenta perante os materiais concorrentes de mercado. Quando deixada no campo mais tempo para ser colhida, o material não passa fácil da classificação 3A para G”, detalha Samuel Sant’Anna, Especialista em Bulbos e Raízes.

Tomate Stewart F1

“É um produto que chega forte para agregar à linha Superseed, se destacando desde o inicio pela sua excelente sanidade foliar no período chuvoso e alta tolerância a rachadura dos frutos. Além disso traz em seu pacote tecnológico a dupla resistência ao TYLCV e TSWV, que são exigidas pelo mercado de tomate. Proporciona também a resistência ao fusarium raça 3, principalmente do Espírito Santo, onde vem causando sérios danos. Outros pontos fortes são a uniformidade e padronização dos frutos, desde o início até as colheitas das pencas superiores o que assegura uma boa rentabilidade aos produtores que cultivam o produto. Além dos  atributos citados, ainda temos detalhes que são valorizados pelos atacadistas e consumidores finais, como a excelente qualidade e formato de fruto, coloração vermelho brilhante com sabores equilibrados”, explica o Especialista em Tomates e Pimentões, Thiago Teodoro.

 Open Field Day

Os resultados desses lançamentos e de outros produtos poderão ser conferidos no campo experimental da Agristar, durante o tradicional Open Field Day (Dia de Campo) O evento é promovido nos mesmos dias da feira, entre 21 e 23 de junho, das 7h às 16h. O campo experimental fica em Santo Antônio de Posse (SP), localizado a 8 km da Hortitec (Rod. SP 340, Km 147.2, sentido Mogi Mirim - Campinas). A empresa disponibilizará vans para o transporte dos participantes, com início às 8h30 e saídas a cada meia hora. O embarque e desembarque será no estacionamento da Hortitec, próximo ao pavilhão.


Imagens para download: