Book Navigation

Cebolicultores do interior de São Paulo visitam a Agristar e comprovam a qualidade das sementes

Cebolicultores do interior de São Paulo visitam a  Agristar e comprovam a qualidade das sementes

21 dezembro de 2018

Nos dias 28 e 29 de novembro, cebolicultores dos polos produtores de São José do Rio Pardo e Vargem Grande do Sul, estiveram na matriz da Agristar do Brasil, em Santo Antônio de Posse (SP) para conhecer os processos pelos quais as sementes passam antes de chegarem ao campo.

No dia 28, os produtores estavam acompanhados pela parceira Topseed Premium, Cooperbatata  (Cooperativa  dos Bataticultores da Região de Vargem Grande do Sul) e no dia 29 pela revenda Agrovecal, da cidade de São José do Rio Pardo (SP) e suas respectivas equipes comerciais.

  Após serem recepcionados com um café da manhã, as boas-vindas foram conduzidas pelo Representante Técnico de Vendas, Carlos Formoso e o Diretor de Operações, Silvio Valente. Em seguida foi dado início ao tour, que abrangeu todos os departamentos internos, desde a área de escritórios, passando pelo laboratório de qualidade, o beneficiamento, armazenagem, embalagem e logística.

Danilo Gonçalves dos Santos, consultor da Agrovecal, explica que não tinha a dimensão de todo o trabalho que está por trás das sementes. "Foi fantástico conhecer  o  processo  e  o que mais me chamou a atenção foi toda a tecnologia envolvida". Já o produtor Cristiano Zulli dos Santos conta que foi um dos primeiros plantadores de cebola Optima, logo que foram iniciados os testes na região. "Achei legal a empresa abrir as portas para o produtor, mostrar como o trabalho é feito. Isso que é parceria! A propriedade está com a porteira aberta para receber o pessoal que nos atende".

  Com uma área de 60 hectares, a Fazenda Campo Alegre II semeia 100% da sua área com materiais Topseed Premium. O produtor José Amélio Vedovato Feltran conta que tem plantado os híbridos Optima, Soberana e Aquarius e achou interessante conhecer o processo de beneficiamento das sementes que utiliza. "A Agristar foi muito transparente em trazer o produtor para acompanhar todo o processo da empresa, desde a hora em que a semente chega do campo até quando embalada. Pudemos ver toda a qualidade da inspeção, das análises no laboratório e o processo de empacotamento".

  Segundo Régis Alexandre Simões Dotta, gerente geral da Cooperbatata, os produtores cooperados ficaram muito satisfeitos com a visita, principalmente por poderem conhecer toda a estrutura de um fornecedor de sementes. "Ficaram muito impressionados em ter acesso aos procedimentos de qualidade e saber da preocupação que existe com o padrão final do produto, além de terem gostado muito de toda a recepção e atenção dispensadas a eles pela equipe. Foi de grande valia e eu, em nome da cooperativa, agradeço demais a oportunidade".